Header Ads Widget

Atirador mata 19 crianças e dois adultos em escola no Texas


Um atirador abriu fogo em uma escola primária no Texas nesta terça-feira (24), matando 19 alunos e dois adultos antes de ser morto, no mais recente tiroteio em um surto de violência armada em escolas dos Estados Unidos.

De acordo com informações, momentos antes o jovem havia atirar em sua avó. As autoridades, desconhecem a motivação do jovem e não sabem se os dois casos têm ligação.

Segundo informações a mulher foi transferida para o Hospital Universitário de San Antônio, que confirmou a internação de uma mulher de 66 anos “em estado crítico” após ser baleada, mas não informou sua identidade.

Após atirar na avó, o jovem equipado com um colete à prova de balas e um rifle, fugiu em um carro, que abandonou perto da escola primária Robb, após sofrer um acidente.

Ainda segundo informações, o suspeito, identificado como Salvador Ramos, de 18 anos, foi morto após trocar tiros com policiais que responderam ao chamado no local. Dois dos oficiais foram atingidos por tiros, mas os ferimentos não foram graves.

O atirador é cidadão americano e era aluno da escola preparatória de Uvalde.

As autoridades disseram que o suspeito agiu sozinho.

Não foram dados detalhes sobre as circunstâncias do ataque, que aconteceu por volta do meio-dia (horário local) na Robb Elementary School, na cidade de Uvalde, cerca de 130 quilômetros a oeste de San Antonio.

O ataque no Texas foi o mais recente de uma série de tiroteios em massa em escolas dos EUA que chocaram o mundo e alimentaram um debate acirrado entre defensores de controles mais rígidos de armas e aqueles que se opõem a qualquer legislação que possa comprometer o direito dos norte-americanos de portar armas.

O tiroteio no Texas foi um dos mais letais em uma escola dos EUA desde que um atirador matou 26 pessoas, incluindo 20 crianças de 5 a 10 anos, em um ataque na Sandy Hook Elementary School, em Connecticut, em dezembro de 2012.

Em 2018, um ex-aluno da Marjory Stoneman Douglas High School em Parkland, na Flórida, matou 17 alunos e educadores.

Postar um comentário

0 Comentários