Header Ads Widget

Muritiba registra primeiro caso de variante Gamma (P1), paciente é morador do São José do Itaporã


A Prefeitura Municipal de Muritiba através do Núcleo Regional de Cruz das Almas  informou, na manhã desta sexta-feira (24), que foi registrado o primeiro caso de COVID-19 decorrente da  Linhagem P.1 ou variante Gamma, no município.

De acordo com informações publicadas no Facebook da prefeitura, o paciente, é morador do distrito de São José do Itaporã, e apresentou sintomas leves sem a  necessidade de ser internado, e após ficar em quarentena teve alta no dia 19 de agosto.

Ainda segundo a Prefeitura, Este é um alerta de que a pandemia ainda não acabou e não é hora de baixar a guarda.Vamos continuar usando máscaras, lavando as mãos e nos cuidando.


*linhagem P.1 ou variante Gamma é uma das variantes do SARS-CoV-2, o vírus causador do COVID-19. Esta variante do SARS-CoV-2 foi chamada de linhagem P.1 e tem 17 alterações exclusivas de aminoácidos, 10 das quais na sua proteína de pico, incluindo N501Y e E484K Esta variante do SARS-CoV-2 foi detectada pela primeira vez pelo Instituto Nacional de Doenças Infecciosas (NIID), no Japão, no dia 6 de janeiro de 2021 em quatro pessoas que chegaram a Tóquio depois de visitar a região do Amazonas, no Brasil, quatro dias antes. Posteriormente, foi declarada como estando em circulação no Brasil.

Postar um comentário

0 Comentários