Header Ads Widget

Atendimento gratuito com psicólogos e psiquiatras: saiba como ter acesso aos serviços para cuidar da saúde mental em Cruz das Almas


O mês de setembro está chegando ao fim e, com ele, a campanha nacional do Setembro Amarelo. Mas, as ações de valorização da vida e prevenção ao suicídio devem continuar durante todo o ano. Para isso, a Prefeitura de Cruz das Almas conta com uma rede de apoio e profissionais que atendem a pacientes em situação de sofrimento emocional ou psíquico.

As pessoas podem solicitar os serviços de cuidado com a saúde mental nas unidades de saúde, onde serão encaminhadas para o atendimento com psicólogo ou psiquiatra no Ambulatório Municipal. O Centro Especializado em Reabilitação (CER), que fica ao lado do Ambulatório, também oferece acompanhamento psicológico.


A psicóloga do Ambulatório, Maria do Carmo, ressalta que é importante ter empatia e ficar atento a sinais, como comportamentos de risco, expressões e a fala. “A prevenção ao suicídio é mais do que impedir alguém cometer um ato de desespero, é fazer a pessoa entender que ela não está sozinha. Escute, converse, ajude a procurar um tratamento e não julgue. Cruz das Almas tem atendimento com psicólogas e psiquiatras que cuidam de pessoas com depressão, síndromes, ansiedade entre outros transtornos”, explica a psicóloga.


Além disso, existem serviços de apoio especializados, como o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), que é uma unidade para acolher pessoas que vivenciam situações de violações de direitos ou de violências, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), que funciona como prevenção e fortalecimento de vínculos, e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM), para oferecer assistência às mulheres em situação de violência.


O Município conta ainda com profissionais, que realizam atendimentos no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), incluindo assistente social, enfermeira, psicóloga e psiquiatra. O paciente pode ser encaminhado através das unidades de saúde, UPA, NASF, CREAS, CRAS, CRAM, Conselho Tutelar, CER, Secretaria do Trabalho e Assistência Social e Ministério Público. O CAPS também atende por demanda espontânea, que é quando o paciente sente necessidade e ele mesmo procura diretamente o serviço.

Onde procurar ajuda:


Unidades de Saúde


CAPS – Rua Lions Clube, próximo à AABB | 75 3621-7399

CREAS – Rua Rio Branco, nº 209, Centro | 75 3621-1875

CRAS – Rua Otávio Mangabeira, S/N, Itapicuru | 75 3621-5255

CRAM – Rua Rui Barbosa, próximo à entrada principal da UFRB | 75 3621-3252


Em caso de emergência, ligue para a polícia através do 190 ou SAMU pelo 192.

Postar um comentário

0 Comentários