Header Ads Widget

Eliminatórias da Copa Brasil fica no 0 a 0 com a Argentina em San Juan

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Com a vaga já assegurada na Copa do Mundo FIFA Catar 2022, a Seleção Brasileira entrou em campo na noite desta terça-feira (16) para disputar o clássico sul-americano diante da Argentina. Pela 14ª rodada das Eliminatórias, as equipes fizeram um jogo bem disputado e equilibrado no Estádio Bicentenário, em San Juan (ARG), e empataram em 0 a 0.

Com o resultado, a Canarinho encerrou os compromissos de 2021 mantendo a invencibilidade na competição e ocupando a liderança, agora com 35 pontos.   

O jogo

O superclássico entre Brasil e Argentina começou equilibrado e bem disputado. As duas equipes pressionaram bastante a saída de bola e o primeiro chute com perigo a gol foi somente aos 16 minutos. Lucas Paquetá pegou sobra na intermediária e deu bom passe para Vini Jr, que ficou cara a cara com Emiliano Martínez e chutou de cavadinha, mas para fora. Logo depois, Matheus Cunha roubou a bola no meio-campo, viu o goleiro adversário adiantado e quase marcou por cobertura.

Tentando encontrar espaços, a equipe argentina não conseguiu passar pela boa marcação da Canarinho. Aos 30 minutos, Di María ajeitou para Lautaro Martínez, que tentou a finalização e viu Marquinhos fazer o corte – antes, o camisa 4 já havia travado lance de Messi também. Depois, o Brasil chegou com Fred, que recebeu na intermediária e arriscou de longe, exigindo boa defesa do goleiro adversário. Os Hermanos responderam com De Paul, que chutou cruzado com perigo e viu Alisson, muito atento, ficar com a bola.

Na volta do intervalo, o ritmo do jogo seguiu truncado. E, novamente, o Brasil foi quem criou a primeira chance clara de balançar as redes. Aos 14 minutos, Fred aproveitou sobra na entrada da área e chutou direto no travessão. Depois, na marca dos 19, uma ótima jogada da Canarinho: Danilo cruzou da direita, e a bola sobrou do outro lado para Vini Jr, que aplicou bonita carretilha em Molina antes de passar para Paquetá. O camisa 17 chutou cruzado de primeira e, na sobra, Matheus Cunha finalizou para fora.

Finalizando mais, a Canarinho quase abriu o placar aos 26, quando Matheus Cunha passou pela esquerda para Vini Jr, que dominou e finalizou para defesa de Martínez. O clássico seguiu agitado até os instantes finais, com as duas equipes se lançando ao ataque, mas sem conseguir alterar o placar.

Brasil: Alisson, Danilo, Marquinhos, Éder Militão e Alex Sandro; Fabinho, Lucas Paquetá (Gerson) e Fred; Raphinha (Antony), Matheus Cunha (Gabriel Jesus) e Vini Jr. Por: CBF


Postar um comentário

0 Comentários