Header Ads Widget

Após dois anos sem festas por causa da pandemia, cidades da BA anunciam programação junina com até 13 dias de festejos



Com informações do G1

Diversas cidades em todas as regiões da Bahia confirmaram a realização das festas juninas neste ano, depois de dois anos sem as celebrações por causa da pandemia de Covid-19. Desde eventos anunciados pelas prefeituras até festas privadas, a temporada é de grande expectativa para quem pretende curtir os festejos no interior do estado.

O governador Rui Costa anunciou que a Secretaria de Turismo do estado já começou a planejar a realização de festas durante o período junino em todo estado em parcerias com as prefeituras.

Com a queda dos números da Covid-19, o avanço na vacinação, e a autorização para a realização das festas, os municípios pretendem investir nas programações. Jequié, por exemplo, na região sudoeste, terá 13 dias de celebração.

Confira a programação em todas as regiões da Bahia e a previsão de como serão os festejos juninos em todo o estado.

Festas no recôncavo

Cruz das Almas tradicionalmente conhecida por sediar uma das maiores festas do interior baiano, na região do recôncavo, divulgou que a festa será de 22 a 26 de junho. Nomes como Wesley Safadão, Tarcísio do Acordeon e Tayrone tão confirmados para o evento. O município informou que planeja movimentar R$ 5 milhões durante os cinco dias de festa.

Outra cidade na região com o evento confirmado é Riachão do Jacuípe. A celebração também ocorre entre 22 a 26 de junho e vai contar com atrações como Zezé di Camargo e Luciano, Tayrone e Calcinha Preta.

A cidade de Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano, já havia confirmado a realização da festa, mas ainda não deu detalhes de como será a programação. As atrações devem ser divulgadas pela prefeitura nos próximos dias.

Conceição da Feira, Serrinha também anunciaram a festa de São João e detalhes ainda serão anunciados para a população.

Sul da Bahia

Moradores da região sul da Bahia também podem começar a se preparar para os festejos juninos. Em Ipiaú, a prefeitura confirmou que a celebração de São Pedro irá acontecer este ano.

Os detalhes da celebração ainda não foram anunciados, e o local dos eventos será alterado da Praça Salvador da Mata para a Praça Álvaro Jardim.

A última festa de São Pedro na cidade foi realizada em 2019 e contou com a participação da cantora Marília Mendonça. A rainha da sofrência chegou a reunir 20 mil pessoas no local. Além dela, Flávio José, Saia Rodada e o cantor Tayrone estiveram na grade da programação.

A cidade de Ibicuí ainda não oficializou a festa de São João. Mas duas tradicionais festas privadas já foram confirmadas a partir de 24 de junho. Na próxima sexta-feira (8), as primeiras atrações devem ser anunciadas.

Mudança em Senhor do Bonfim

Anfitriã de uma das mais tradicionais festas de São João do estado, a cidade de Senhor do Bonfim, no norte do estado, também confirmou a realização do evento. A celebração vai acontecer de 22 a 26 de junho.

A programação está marcada para a Praça Nova do Congresso e no Parque da Cidade. As atrações ainda não foram anunciadas. A expectativa é que 250 mil pessoas curtam o evento na cidade.

Em Irecê, que já havia confirmado a realização da festa, o São João será festejado entre 22 a 26 de junho. A expectativa é que mais de 200 mil passem pela cidade durante o período da programação.

Já em Jaguarari, vizinha a Senhor do Bonfim, a festa vai acontecer de 22 a 25 de junho, com bandas de projeção nacional e 60 mil pessoas são esperadas nos quatro dias do evento.

Nove dias de festa no oeste baiano

A cidade de Barra, por exemplo, no oeste baiano, confirmou que terá nove dias de celebração. A programação vai acontecer entre os dias 16 e 24 de junho, com uma variedade de eventos, como concursos de quadrilha, quebra-poste, pau-de-sebo e outras brincadeiras tradicionais do período junino.

No auge dos festejos, no dia 23, véspera do feriado de São João, vai acontecer o Desfile dos Fortes, evento tradicional que faz referência à história da Guerra do Paraguai, que aconteceu entre 1864 e 1870.

Em São Desidério, ainda na região oeste, a festa também está confirmada, embora os detalhes ainda não tenham sido divulgados pela prefeitura. A celebração é conhecida como São Joao do Sítio e acontece na localidade de Sítio Grande, a 40 km da sede do município.

Em Bom Jesus da Lapa, a festa de São Pedro, tradicionalmente realizada na última semana de junho, será realizada em agosto. A cidade tem forte tradição católica e algumas atrações serão realizadas durante a romaria da cidade, durante o mês.

Região Sudoeste

As cidades de Jequié e Caculé, no sudoeste baiano, também estão entre os municípios com a festa confirmada neste ano. A prefeitura de Jequié informou que já abriu licitação para contratar a empresa responsável pelo evento e agenciamento de bandas. A festa vai acontecer entre os dias 14 e 26 de junho.

Já em Caculé, o evento vai ocorrer entre 24 e 26 de junho e vai contar também com artistas de projeção nacional. Este ano, a prefeitura vai montar uma vila junina em frente ao Estádio Nilo Xavier para as apresentações e concurso de quadrilha.

Ituaçu, município vizinho, confirmou a realização do tradicional Arraiá do Brejo Grande, entre os dias 23 e 26 de junho. Os detalhes da programação ainda serão divulgados.

Postar um comentário

0 Comentários