Header Ads Widget

Prefeitura inicia castração de cães de rua no Centro de Acolhimento e Bem-Estar Animal


O aumento da população de animais de rua é um problema crônico que preocupa os moradores de Cruz das Almas há anos. Para enfrentar essa situação, a Prefeitura de Cruz das Almas iniciou as castrações de cães no recém-inaugurado Centro de Acolhimento e Bem-Estar Animal Adson Pereira de Almeida.

As esterilizações começaram na semana passada, quando seis animais passaram pela cirurgia, sendo três machos e três fêmeas. Após as castrações, a equipe do Centro de Acolhimento também aplica microchips de identificação nos cachorros. Ao todo, desde a implementação do Samu Pet em 2021, 22 cães foram castrados e 75 adotados.


Agora, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SEAMA) tem a expectativa de realizar o procedimento em cerca de 5 a 6 animais por semana no Centro de Acolhimento. “Foi um grande desafio construir esse espaço, mas a Prefeitura está cumprindo seu papel de criar soluções em saúde pública. É um trabalho a longo prazo que visa o controle populacional dos cães de rua na cidade”, afirma o prefeito Ednaldo Ribeiro.


Como funciona?


O Centro de Acolhimento e Bem-Estar Animal é um espaço destinado para atendimento clínico e cirúrgico de animais de rua do município de Cruz das Almas, bem como guarda provisória, até a sua adoção ou retorno para o local de origem. O principal objetivo do local é a diminuição da população canina nas ruas por meio da castração, além de promover proteção e prevenção de zoonoses, contribuindo para o equilíbrio da saúde única.


O local tem capacidade para abrigar cerca de 80 cães e conta com ambientes distintos: recepção, centro cirúrgico, internamento, quarentena, ambulatório, vestiário/banheiro, depósito, maternidade, ala para filhotes, ala para machos e ala para fêmeas.


Segundo o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Márcio Rebouças, o local oferece toda a estrutura necessária para cuidar dos pequenos pacientes de quatro patas. “Nossa equipe é qualificada e acredita na importância da causa animal. Essa iniciativa é resultado de muito trabalho para revolucionar o atendimento aos cães abandonados e em situação de vulnerabilidade”, comenta o titular da SEAMA.


A equipe do Samu Pet resgata o cachorro de rua doente ou ferido e encaminha para o Centro de Acolhimento, onde o animal passa por tratamento veterinário e fica em quarentena. Após o período, o cão é castrado, microchipado e colocado para adoção. O Samu Pet pode ser acionado pelo telefone 75 3621-1096, de segunda a sexta-feira.

Postar um comentário

0 Comentários