Header Ads Widget

Cachorro vítima de maus-tratos e abuso sexual é resgatado em Salvador


Um cachorro, chamado Scoob, foi resgatado de uma casa onde ele estava abandonado, sofrendo maus-tratos e abuso sexual na cidade de Salvador. 

O caso aconteceu no Matatu de Brotas, e segundo vizinhos, o tutor não mora lá há cerca de três meses, mas sempre ia visitar o cão, e era nessas oportunidades que os “gritos” do animal eram ouvidos. O resgate ocorreu no último domingo (12). 

Após passarem tanto tempo alimentando o cão por meio de uma estrutura improvisada, os vizinhos acionaram um abrigo de animais que conseguiu contato com a mãe do tutor, que liberou a entrada do grupo para resgatar o cão que hoje está em instituto de proteção animal.

O local em que Scoob vivia era insalubre e além disso, o diagnóstico de um veterinário indica “marcas de ferimentos por todo corpo do animal, e abusos sexuais". Pelo estado de magreza, o animal também passava fome. O resultado do hemograma do animal apontou anemia, erliquiose (doença do carrapato)”.

Após os exames constatarem o abuso, os protetores têm buscado as autoridades para que o responsável pelas agressões possa responder pelos crimes cometidos. No dia 15 de março, vizinhos já haviam registrado um boletim de ocorrência na 6ª Delegacia Territorial (DT/ Brotas). Em contato com a Assessoria de Comunicação da Polícia Civil, a Redação do BNews não conseguiu obter informações sobre o andamento da ocorrência, pois "os delegados titulares estão em recesso, por conta do feriado, e neste período atuam equipes de plantonistas".

Os responsáveis pelo resgate conseguiram descobrir o nome do tutor do cachorro: José Ricardo de Queiroz Figueiredo e também fotos dele, que estão disponíveis em suas redes sociais. "A gente pede que a Polícia faça sua parte e prenda esse monstro", relatou uma das pessoas envolvidas no resgate de Scoob.

BNews

Postar um comentário

0 Comentários