Header Ads Widget

Secretaria de Saúde de Cruz das Almas emite nota de esclarecimento sobre falsa médica

 


Diante do fato veiculado em sites e redes sociais, a Secretaria de Saúde informa que, até o momento apenas teve conhecimento de que uma falsa médica teria atuado no Centro de Covid-19 do Município, através das notícias divulgadas pela imprensa, bem como através de um vídeo publicado nas redes sociais da Câmara de Vereadores, que em momento algum comunicou oficialmente o caso.

Entretanto, mesmo não tendo nada formalizado, mas diante da gravidade da denuncia, a direção médica da Secretaria de Saúde do Município iniciou uma investigação para apurar a veracidade dos fatos, registrando, inclusive, um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia local, e também formalizando ao CREMEB o ocorrido, haja vista saber-se apenas que, no dia 04 de abril de 2021, a médica de nome Alana Maria Sena Ferreira, deu o plantão na Unidade de Referência para Covid-19, em substituição a uma médica do quadro oficial da Secretaria, à revelia do conhecimento da Diretoria Médica e do Secretário, apesar das várias etapas estabelecidas para evitar burlas e infrações.


Até tomar conhecimento da suposta fraude, através da reportagem, a atitude era vista como uma conduta administrativa, para que o plantão não ficasse à descoberto. Na unidade consta a passagem da médica, acima referida, como plantonista substituta, sem a mesma ter frequentado as unidades de saúde em outras ocasiões, e não obtendo nenhum vínculo com o município. 


Vale ressaltar que o município acionou o seu corpo jurídico para apurar os fatos, atinentes a um possível golpe com médico falso, que infelizmente tem ocorrido em vários municípios baianos.


A Secretaria de Saúde preza sempre pela transparência e pela qualidade de serviços oferecidos e está imbuída em esclarecer o fato e levar a verdade à população, eis que, caso se concretize a denúncia, também fora vítima de uma fraude.


Secretaria Municipal de Saúde

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Quer dizer que uma médica vai dar plantão na UPA e ninguém checa as informações e documentações da criatura?
    Ela entrou pra dar plantão e nem o diretor médico sabia?
    A UPA de Cruz é a casa da mãe Joana é?
    As perguntas agora são quem foi profissional que foi substituída?
    Quem indicou essa "médica" para a substituição?
    Qual é o critério para ocorrer uma substituição no plantão da UPA que foi tão fácil pra uma pessoa que no tem a qualificação necessária substituir uma médica na unidade?
    Agora os pacientes têm que pesquisar o histórico do médico antes de se consultar na UPA?

    Perguntar não ofende.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.