Header Ads Widget

Equipe do 2°SGBM/Guanambi salva bebê engasgado


A batida desesperada de um pai no portão do 2°SGBM/Guanambi, pertencente ao 7°GBM/Vitória da Conquista chamou a atenção do subtenente BM Albiney Lima Santos que rapidamente pegou o bebê de 11 meses nos braços e percebeu que estava sem consegui respirar. 

"Percebi que a criança não respirava, imediatamente iniciei a manobra de Heimlich com a técnica de tapotagem e no segundo ciclo o bebê expeliu uma secreção densa junto com a saliva. Em seguida ele começou a chorar, o que me deixou bastante aliviado, pois já estava respirando outra vez", relatou o subtenente BM Albiney. 

Percebendo o desespero do pai, os outros bombeiros que estavam de serviço o atenderam. "Enquanto atendiam Arthur eles me acolheram de imediato, perceberam minha aflição. Não tenho palavras para agradecer", explicou o pai do bebê, Paulo de Souza. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e o médico realizou a primeira avaliação. Em seguida a criança foi levada na companhia do pai, para uma unidade de saúde pelo Samu onde pôde ser avaliada de forma mais precisa. A ocorrência aconteceu no ultimo domingo (17). 

Em casos de engasgo é importante que o atendimento seja rápido e técnico. O tempo é precioso para que aumentem as chances de sobrevida da vítima.


Fonte: Ascom / CBM

Postar um comentário

0 Comentários