Header Ads Widget

BOLSONARO VETA RENEGOCIAÇÃO DE DÍVIDAS PARA MEIS E EMPRESAS DO SIMPLES



Por: Congresso em Foco

O presidente Jair Bolsonaro (PL) vetou integralmente o Projeto de Lei Complementar nº 46 de 2021, que instituía o Programa de Reescalonamento do Pagamento de Débitos no Âmbito do Simples Nacional (Relp).

O projeto vetado abriria um programa para renegociação de débitos tributários para microempreendedores individuais (MEIs) e empresas do Simples Nacional no valor de R$ 50 milhões. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (7).

O veto foi dado após manifestações do Ministério da Economia e da Advocacia-Geral da União (AGU). O argumento dado foi de que a proposta fere a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ao não prever uma compensação financeira para o benefício fiscal.

“A proposição legislativa incorre em vício de inconstitucionalidade e contrariedade ao interesse público, uma vez que, ao instituir o benefício fiscal, implicaria em renúncia de receita”, afirma o texto do veto.

Em sua live semanal ontem (6), sem saber que já estava no ar, Bolsonaro reclamou da ideia de vetar o projeto: “como são as coisas, né? O cara querendo que eu vetasse o Simples Nacional”.

Confira o veto no DOU

DOU

Postar um comentário

0 Comentários