Header Ads Widget

Palmeiras é superado pelo Chelsea na final do Mundial de Clubes da FIFA

Créditos: Twitter/Chelsea


Por: cbf.com.br

O Chelsea é campeão do Mundial de Clubes da FIFA! Neste sábado (12), o time inglês derrotou o Palmeiras na prorrogação por 2 a 1 e ficou com a taça. Os gols dos ‘Blues’ foram marcados por Lukaku e Havertz. Pelo lado do Verdão, quem balançou a rede foi Raphael Veiga.

O confronto foi acompanhado por Ednaldo Rodrigues. Da tribuna de honra do Estádio Mohammed Bin Zayed, em Abu Dhabi, o Presidente em exercício da CBF viu de perto o duelo entre Palmeiras e Chelsea.

Ao fim do jogo, Thiago Silva foi eleito o melhor jogador do Mundial de Clubes. O zagueiro do Chelsea e da Seleção Brasileira foi escolhido após duas atuações consistentes no torneio. Completaram o pódio Dudu (2º) e Danilo (3º), do Palmeiras.

O jogo

O início da partida foi marcado por bastante estudo de ambas equipes. Com suas propostas de jogo, Chelsea e Palmeiras pouco criaram. Com a posse de bola, o time inglês não ofereceu perigo ao gol de Weverton na primeira etapa. Mais reativo, o Verdão também não teve chances claras nos contra-ataques.

Na volta do intervalo, os times pisaram no acelerador e o jogo ficou mais aberto. Logo aos 9 minutos, o Chelsea abriu o marcador. Após cruzamento preciso pela esquerda, Lukaku subiu para cabecear firme e estufar a rede alviverde: 1 a 0.

A reação do Verdão não demorou para se concretizar. Aos 18 minutos, Raphael Veiga, em cobrança de pênalti, deixou tudo igual em Abu Dhabi. Apesar de boas chances criadas pelas equipes, o placar se manteve até o final do tempo regulamentar.

Desgastados fisicamente, Palmeiras e Chelsea pouco criaram durante a prorrogação. O duelo foi decidido no fim do segundo tempo extra. Faltando apenas quatro minutos, a equipe da Inglaterra teve um pênalti a seu favor. Preciso, Havertz não desperdiçou e colocou os Blues na liderança. No fim, o Verdão ainda se lançou ao ataque, mas o título do Mundial de Clubes da FIFA ficou com o Chelsea.

Postar um comentário

0 Comentários