Header Ads Widget

Após incêndio, família faz campanha solidária para restaurar trio elétrico Estrelar


Benedito Almeida e o filho Danilo Brito começaram uma campanha solidária para restaurar o trio elétrico Estrelar 1, que ficou totalmente destruído após um incêndio quando seguia para uma micareta na cidade de Santa Luzia, no sul da Bahia. O trio pegou fogo na última quarta-feira (12), quando trafegava no KM-385 da BR-101, no trecho de Ibirapitanga. O veículo é um dos principais do Brasil e já foi palco de shows marcantes da cantora Claudia Leitte e outros cantores brasileiros.

Além de Claudia Leitte, também se apresentaram no Estrelar 1 os artistas: Bell Marques, Wesley Safadão, Simone & Simaria, Léo Santana, Psirico, Claudia Leite, Ricardo Chaves, Margareth Menezes, Gabriel Diniz, Saulo, Chiclete com Banana e a banda É o Tchan.

Em 2017, a cantora Claudia Leite inclusive transformou o trio em um navio. Um ano depois, parte do elenco da novela "Segundo Sol", da TV Globo, participou de gravações de um episódio no Farol da Barra, em Salvador.

Sob o sol forte e céu azul, no Estrelar 1, atores como Giovana Antonelli, Fabrício Boliveira, Arlete Sales, Chay Suede, Emílio Dantas, Letícia Colin e José de Abreu movimentaram um dos principais pontos turísticos da capital baiana.

Na trama, a cena retratou o retorno de Beto Falcão, personagem do ator Emílio Dantas, aos palcos e também ao carnaval de Salvador.

De volta a realidade, em 2020, o Estrelar 1 foi palco de um dos momentos mais marcantes do último carnaval da capital baiana antes da pandemia da Covid-19. Foi nele que Claudia Leite "pousou" após sobrevoar sobre a multidão.

O trio elétrico tem 44 anos e foi construído por Benedito Almeida. Com o tempo, o filho dele, Danilo Brito, ficou responsável por manter o patrimônio da família e cuidar da evolução do equipamento.

Campanha


“Nós estamos fazendo uma campanha solidária. Montamos um card com o PIX e fizemos também uma vaquinha online e estamos disponibilizando o link nas redes sociais”, disse Júlia Almeida, filha de Danilo Brito.

A família não estipulou um valor para contribuição das pessoas. Os interessados devem acessar o site da campanha na internet.

“Infelizmente o nosso trio foi destruído por completo, não temos nada para reaproveitar. Foi um fogo que tomou conta geral, no local não tivemos apoio para conseguirmos debelar as chamas”, afirmou a neta do criador do veículo.

“Qualquer valor é muito bem-vindo e já ajuda de alguma forma”.


G1Bahia 

Postar um comentário

0 Comentários