Header Ads Widget

SOLDADO ACUSADO DE ASSALTO NO INTERIOR DA BAHIA É EXPULSO DA POLÍCIA MILITAR


Um soldado da Polícia Militar da Bahia foi expulso da corporação depois de assaltar uma farmácia em Vitória da Conquista, no sudoeste do estado. A decisão foi tomada após um processo administrativo disciplinar da PM, que condenou o suspeito. O crime aconteceu em 17 de fevereiro e foi registrado pelas câmeras de segurança do estabelecimento.

As imagens mostram o momento em que Juvenal Alves Fernandes Neto, que era lotado na 34ª  Companhia da Polícia Militar, em Brumado, no sudoeste da Bahia,  entra na farmácia, com boné e máscara. Ele chega ao local em uma motocicleta que as investigações apuraram que estava com placa adulterada.

Em seguida, ele mostra uma arma para uma funcionária e pede que a mulher coloque o dinheiro do caixa em uma sacola. Depois disso, sai tranquilamente no veículo. Em depoimentos durante o processo, o suspeito admitiu que adulterou a placa da motocicleta da esposa.

No dia seguinte ao roubo, o veículo foi encontrado por agentes da 78ª Companhia Independente, no bairro Cidade Modelo, pilotado por uma mulher. Durante a abordagem, a condutora disse que a moto pertencia ao esposo dela, o policial Juvenal Alves.

PRESO EM FLAGRANTE

A PM de Vitória da Conquista informou que ele foi preso em flagrante e permaneceu custodiado na sede do Comando de Policiamento da Região Sudoeste (CPRSO). Juvenal negou que tenha participado do assalto, mas reconheceu a adulteração da placa.

Ainda conforme a PM, na casa de Juvenal foram encontradas as roupas utilizadas no crime, reconhecidas por testemunhas, além de uma pistola calibre .40 que pertencente à corporação. Todo o material foi recolhido e levado ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep). 

G1

Postar um comentário

0 Comentários