Header Ads Widget

Polícia prende outra suspeita de assalto que matou garota em Salvador

Mulher teve mandado de prisão cumprido ao se apresentar no DHPP com advogado. Comparsa seguirá para presídio após audiência de custódia


A outra mulher suspeita de envolvimento no assalto em que Cristal Rodrigues Pacheco, de 15 anos, foi assassinada, foi presa nesta quinta-feira (4). De acordo com a Policia Civil, a mulher identificada como Andreia Santos Carvalho teve mandado de prisão preventiva cumprido após se apresentar no Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). 

Andreia confessou ter sido ela a responsável pelo tiro que matou a adolescente de 15 anos. “Ela confessou o crime e também confirma que ela que efetuou os disparos”, disse a delegada Andréa Ribeiro, diretora do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), durante coletiva de imprensa nesta quinta.

Também na manhã desta quinta, a outra suspeita de envolvimento no caso teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, durante audiência de custódia, e será levada para o presídio. Gilmara Daiam de Sousa Brito, de 31 anos, está presa desde terça-feira (2), dia do crime.

Andréa informou também que a polícia ainda investiga se o tiro foi dado propositalmente ou foi um disparo acidental, “São muitas questões que precisam ser esclarecidas, vamos somar tudo que foi apurado para chegar a um resultado”, diz. “Elas não falaram o que queriam, mas a princípio nos parece que a motivação é de cunho patrimonial, queria roubar objetos das vítimas”.

Andreia era procurada pela polícia até comparecer na delegacia acompanhada do advogado. Ela foi ouvida no DHPP e depois seguiu para o presídio, assim como a Gilmara. O caso ainda segue sob investigação da Polícia Civil.


iBahia

Postar um comentário

0 Comentários