Header Ads Widget

Bolsonaro é vaiado e xingado por torcedores do Santos na Vila Belmiro



uol.com.br

O presidente Jair Bolsonaro (PL) foi xingado por torcedores do Santos na Vila Belmiro, na tarde deste domingo (17), quando foi ao estádio acompanhar a partida do time contra o Coritiba, válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O time da casa venceu por 2 a 1.

Bolsonaro apareceu no camarote por volta das 10h40 (de Brasília, cerca de 20 minutos antes de o jogo começar. De imediato torcedores do setor mais próximo começaram a vaiá-lo, e mais pessoas se juntaram à manifestação em seguida. "Ei, Bolsonaro, vai tomar no c...", cantaram alguns.

Durante o intervalo, em compensação, o presidente voltou à parte interna do estádio para ser tietado por seus fãs. Distribuiu apertos de mão, posou para fotos e falou rapidamente com alguns deles.

O político já queria ter ido à Vila Belmiro em outubro de 2021, para uma partida entre Santos e Grêmio, mas na ocasião disse ter desistido por causa da obrigatoriedade da comprovação de vacinação contra a covid-19. "Eu queria ver o jogo do Santos agora e falaram que tinha que estar vacinado. Para que isso?", reclamou na ocasião. A obrigatoriedade da vacina, como é consenso entre especialistas, é uma medida importante na diminuição da taxa de transmissão do vírus, que já matou mais de 662 mil pessoas no Brasil.

O mesmo protocolo de outubro segue válido em todos os estádios do Estado de São Paulo: só pode entrar em um jogo de futebol profissional quem apresenta o quadro vacinal completo contra o coronavírus ou testes negativos do tipo antígeno ou RT-PCR.

Jair Bolsonaro diz não ter se vacinado contra a covid-19, mas seu governo impôs sigilo de 100 anos sobre sua carteira de vacinação. O UOL procurou a Secom da Presidência da República sobre o acesso do político ao estádio, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

De acordo com a assessoria do Santos, Bolsonaro cumpriu todos os protocolos de saúde exigidos para comparecer ao estádio.

"Antes de começar, queria deixar claro que o presidente Bolsonaro esteve na Vila Belmiro e cumpriu os protocolos exigidos. Para esclarecer e encerrar, ele cumpriu os protocolos", disse a assessoria do clube antes da entrevista coletiva do técnico Fabián Bustos.

Postar um comentário

0 Comentários