Header Ads Widget

Suspeito morto perto da Paraíso Perdido era líder do CV em Feira de Santana, diz PM



A Polícia Militar informou que um dos indivíduos mortos durante confronto nas imediações da Pousada Paraíso Perdido, na cidade de Jaguaripe,  Agnaldo Neto, o vulgo "MV" ou "Neto Talisca" , era principal fornecedor de drogas do Comando Vermelho (CV) na cidade de Feira de Santana. 

Segundo o Tenente Coronel Edmundo Assemany, comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, em Santo Antônio de Jesus, "Ele era o zero um da facção. Fazendo uma comparação, ele seria o presidente de uma empresa". 

Na ação, morreu também o comparsa de Agnaldo, identificado pelo prenome de Felipe, vulgo "Batoré" .

Após as mortes, começaram  a circular nas redes sociais mensagens decretando um toque de recolher no bairro Novo Horizonte, em Feira de Santana, que é considerado o reduto do CV na cidade. "Mas não passou de boato. 

O policiamento foi reforçado e não registramos nenhum reflexo na rotina dos moradores e comerciantes", acrescenta o tenente-coronel. Segundo ele, o policiamento segue intensificado sob o comando do coronel Adalberto Piton, do Policiamento Regional Leste do 14° Batalhão de Santo Antônio de Jesus.

Postar um comentário

0 Comentários