Header Ads Widget

Empresa volta a levantar suspeitas sobre licitações realizadas pela Prefeitura de Cruz das Almas


A Light Produções e Eventos voltou a apontar indícios suspeitos nas licitações realizadas pela Prefeitura de Cruz das Almas. Desta vez, a empresa de Salvador afirma ter encontrado “erros/ilegalidades/incorreções” no concurso licitatório para a exploração de camarotes durante o São João de 2022. A Light acusa o pregoeiro Dr. Paulo Marini e o prefeito Ednaldo Ribeiro (Republicanos) de serem coniventes com as irregularidades encontradas. Esta é a segunda denúncia da empresa em menos de sete dias.

O documento enviado pela Light Produções e Eventos é datado no dia de 11 de maio de 2022, ou seja, quarta-feira desta semana, e foi enviado porque “continuam ocorrendo fatos estranhos nos procedimentos” da Prefeitura.

Ainda conforme a declaração, a empresa cobra medidas de Ednaldo Ribeiro e diz que o silêncio dele comprova que os erros não podem ser atribuídos apenas ao Dr. Paulo Marini. 

“Sem a conivência da Procuradoria e, principalmente do Prefeito Municipal, as irregularidades já apontadas não teriam prosperado”, acusa.

Camarotes

Desta vez, a insatisfação da Light acontece após a Prefeitura tornar público o Processo Administrativo nº 807/2022 – Pregão Eletrônico nº 042/2022, que acontece a partir das 9 horas desta quinta-feira, 12, no qual deve conceder espaços do município para a exploração de camarote no São João. Segundo a companhia de eventos, os responsáveis pelas licitações “não distinguem quem apresente critério de julgamento da melhor proposta para maior lance”.

Segundo o site Bahia Recôncavo autor da reportagem, até o fechamento da matéria, por volta das 9h da manhã de quinta-feira (12/05/2022), a Prefeitura de Cruz das Almas, o prefeito Ednaldo Ribeiro, nem o pregoeiro Dr. Paulo Marini emitiram pronunciamento oficial sobre o caso.

Entenda o caso clicando aqui

Documentos enviados pela Light Produções e Eventos disponíveis aqui.

 

Postar um comentário

0 Comentários